Papo de Elevador

Dicas para elevar a segurança no seu prédio

Com diversas opções para cada necessidade, estrutura e orçamento, garantir a proteção do condomínio tem sido um tema cada vez mais recorrente e exigido pelos moradores

POSTADO: 12:13H - 12/03/2021

Dicas para elevar a segurança no seu prédio

O quesito “segurança” tem ganhado cada vez mais espaço nos empreendimentos residenciais nas cidades pelo Brasil. Os moradores têm valorizado o conforto e a proteção com muito mais frequência, especialmente com as novas tecnologias que vêm surgindo e abrem um leque importante de opções para manter os condomínios seguros, independentemente do modelo do prédio ou do orçamento disponível.

Separamos algumas dicas e sugestões que podem ajudar o seu condomínio a se tornar um lugar mais estruturado na segurança. Confira!

-> Vigias e vigilantes

Especialmente nas grandes capitais, as funções de vigias e vigilantes têm crescido nos últimos anos. Essa busca visa a complementar ou suprir a ausência de porteiros, dependendo do condomínio. O vigia tem uma função de ronda e observação, enquanto o vigilante é necessário ter treinamentos específicos e autorização para posse de armas.

-> Portaria eletrônica

Uma alternativa adotada por muitos empreendimentos, especialmente em prédios que não possuem estrutura para ter guarita, é a portaria eletrônica. O sistema costuma se basear em um interfone em contato direto com a Central, 24 horas por dia, que libera eventuais moradores ou visitantes. Para os moradores é dado um chaveiro ou cartão que permite o acesso direto através da porta automática.

-> Circuito Interno de TV

Uma aposta para garantir o registro e o monitoramento de diversos pontos do prédio é um circuito interno e/ou externo de câmeras, que geralmente fica com um monitoramento de uma empresa especializada, podendo ter transmissão também para porteiros e até moradores. A função garante um acompanhamento em tempo real e à distância, ou seja, independe das pessoas que estão diretamente no local.

-> Vagas de estacionamento

Em locais com garagem mais espaçosa é comum destinar um local específico para a chamada “vaga de pânico”. Funciona como uma comunicação silenciosa: se o morador entrar na garagem e estacionar o carro neste espaço, ele automaticamente estará enviando uma mensagem que algo está errado e chamando a atenção do porteiro ou da equipe de monitoramento.

-> Estabeleça uma comunicação clara nas reuniões

É importante que os moradores estejam cientes, através de reuniões com o tema “segurança” ou de comunicados internos, sobre práticas comuns do prédio. Definir regras para a entrada de visitantes ou prestadores de serviços, além de planejar estratégias para eventualidades, são formas de prevenção e que podem ser úteis em situações emergenciais.

-> Câmera no elevador

Além de estender a vigilância no prédio, as câmeras no elevador são eficientes para um acompanhamento de alguma situação fora do comum dentro da cabina.

Por falar em segurança no elevador, a Atlas Schindler possui uma vasta gama de soluções para aumentar o conforto e a proteção da sua viagem, desde gerenciamento de acesso, passando por

soluções de higiene, até serviços automatizados para o caso de passageiro retido na cabina. Para conhecer os nossos produtos, clique aqui ou entre em contato pelo telefone 0800 055 1918.

 

E lembre-se: sempre utilize o bom senso. Evite deixar os portões de entrada abertos e facilite a visualização/identificação quando for entrar no prédio. Pequenos gestos fazem parte da proteção diária. Cada vez mais a segurança é necessária para o conforto dos moradores e a valorização do imóvel. Fique atento!

Busca Posts:

Posts Anteriores:

Tags relacionadas: