Papo de Elevador

Segurança de pets no elevador

Os nossos animais de estimação precisam de alguns cuidados específicos para garantir a segurança deles durante o transporte

POSTADO: 16:56H - 14/02/2019

Segurança de pets no elevador

Os pets precisam sempre de nossa atenção. No elevador não é diferente. Alguns cuidados são necessários na hora de transportar os animais de estimação para que eles se mantenham em segurança e até preservem o equipamento. Conheça algumas dicas para o transporte seguro dos bichinhos:

 

Coleira

Ao sair acompanhado de seu pet, mantenha-o próximo a seu corpo e fique atento à posição dele. Muitas vezes, o fio da coleira não é identificado pelo sensor do elevador, podendo causar sérios acidentes.

 

Limpeza

Sempre saia com itens de higiene para o seu animal de estimação. Como não podemos controlar algumas situações, o pet pode acabar realizando alguma de suas necessidades na cabina. O ideal, nesses casos, é limpar o local e evitar que haja desconforto a outros passageiros e uma eventual falha no sistema, que pode ser danificado com líquidos.

 

Retenção na cabina

Se, por qualquer motivo, você ficar retido na cabina com seu bichinho, mantenha a calma. O procedimento, nessa hipótese, segue o padrão: aguarde a chegada de um técnico especializado ou do Corpo de Bombeiros, pessoas capacitadas para realizar esse resgate com eficiência e segurança. Nunca tente sair sozinho.

 

Respeite o regime interno

Cada condomínio tem o seu regulamento próprio e costuma ter regras específicas para pets. Procure se informar e seguir essas normas, como eventualmente o uso de focinheira, para garantir a boa convivência entre todos e evitar desgastes desnecessários.

 

Saiba mais

Para conhecer outras dicas, confira o texto escrito por nossa colaboradora, Camila Maria Borges Gomes, Supervisora de Segurança do Trabalho, e publicado na sexta edição da revista Planeta Pet: https://bit.ly/2SAmFXG.

Busca Posts:

Posts Anteriores:

Tags relacionadas: