Papo de Elevador

Limpeza do elevador

A cabina (e não apenas ela) necessita de cuidados específicos com a higiene para manter a conservação do equipamento e o bom ambiente

POSTADO: 10:13H - 17/10/2018

Limpeza do elevador

Os cuidados com a limpeza do elevador possuem um efeito muito além do estético e até do higiênico: ele está ligado à conservação do equipamento e ao bom funcionamento. Nós temos produtos e técnicos especializados para garantir o melhor serviço também nesse importante quesito, e deixaremos algumas dicas cotidianas e outras mais técnicas para garantir que essa etapa da manutenção esteja em dia.

O ideal para manter a limpeza é evitar comer dentro do elevador. Mas sabemos que nem sempre isso é possível, então recomendamos que nesses casos haja atenção para não sujar a cabina, especialmente com líquidos, que podem danificar peças importantes.

Não jogue lixo e tenha cuidado para objetos não caírem no poço ou nas soleiras. Isso pode causar até a paralisação do elevador, além de prejudicar o equipamento. Dentro da cabina, evite colocar as mãos no espelho. Mais que o bom ambiente, é uma dica de segurança, afinal, se apoiar no espelho ou pressioná-lo com muita força pode resultar na quebra do vidro e graves consequências.

As limpezas mais técnicas e profissionais são recomendadas principalmente após o término de obras ou a entrega do edifício aos condôminos. Elas passam pela casa de máquinas, caixa do elevador, operador de portas, partes superior e inferior da cabina, portas inteiras, soleiras e poço. Elas são importantes porque, especialmente nesses casos, detritos como poeira, resto de concreto, tinta e sujeira se acumulam em locais pouco visíveis, prejudicando alguns equipamentos e o ajuste perfeito do elevador.

Como dito, uma limpeza profissional é feita por técnicos especializados e produtos específicos. Não utilize produtos à base de cloro, ácidos, água sanitária, removedores de tinta e outros similares, pois podem danificar o elevador. (Neste caso entendo que se trata de limpeza da cabina, a limpeza descrita acima não é possível qq pessoa fazer por conta de acesso a poço e topo da cabina, então acho que a parte grifada não faz relação com a dica de não usar cloro e etc, acho que deve passar para o parágrafo de baixo).

Como dito, uma limpeza profissional é feita por técnicos especializados e produtos específicos. Para limpezas cotidianas, a luminária pode ser limpa com um pano levemente umedecido com água e sabão neutro; vidros e espelhos podem ser limpos com produtos específicos para vidro no mercado, seguido de um pano seco e macio ao término do serviço; a higiene das soleiras deve ser feita com um aspirador de pó, enquanto pedras e ladrilhos seguem o mesmo procedimento da luminária.

Botões e indicadores são os mais delicados, exigindo maior cuidado para não danificar o componente. Eles devem ser limpos com pano seco. O aço inoxidável pode ser limpo com sabão neutro diluído em água morna, passando um pano levemente umedecido, seguido de um pano seco. Para aço escovado, é importante que o pano seja passado no sentido da escovação. Não utilize saponáceos ou esponjas de aço, além de não raspar a superfície com lâminas.

Esses cuidados farão a vida útil do elevador ainda maior e evitarão problemas para o condomínio, garantindo a segurança e o conforto dos passageiros.

Busca Posts:

Posts Anteriores:

Tags relacionadas: